fbpx

Os passos para criar um e-commerce no WordPress

Inúmeras decisões compreendem o planejamento de um e-commerce. Alinhar as características do produto com a necessidade do mercado e desenvolver o conceito da marca são fatores determinantes para o sucesso de um negócio, mas chega o momento crucial em que é preciso optar por um meio de colocar esse plano em ação: a escolha da plataforma que vai operar a loja virtual. Ela é o meio que vai viabilizar esse planejamento prévio, disponibilizando o site no ar.

Diante desse cenário, pode surgir a dúvida sobre qual plataforma utilizar. Muitas são as opções existentes no mercado e isso pode até dificultar a sua escolha. Mais adiante, você vai conhecer algumas vantagens de criar uma loja virtual no WordPress e como ele pode ser o meio de entrada do seu negócio na internet.

As vantagens do WordPress para e-commerce

O WordPress é uma das plataformas para gerenciar conteúdo mais usadas no mundo — mais de 30% dos sites na web, de acordo com estudo da W3Techs, são feitos em WordPress. As razões pelas quais o sistema alcançou esse percentual são as inúmeras funcionalidades disponíveis, versões gratuitas e uma comunidade de desenvolvedores trabalhando ativamente em melhorias, além de sua interface simples e fácil de usar.

Justamente por conta dessas características, é também uma ótima opção para quem quer criar um e-commerce. Para tal, existe uma ampla variedade de plugins e templates que permitem criar uma loja virtual no WordPress e personalizá-la de acordo com as necessidades do negócio. Por último, a flexibilidade do WordPress geralmente permite a migração para outras plataformas caso o e-commerce cresça e precise de um recurso mais robusto.

Como criar um E-commerce no WordPress

Agora que você já sabe que o WordPress pode ser uma alternativa viável para iniciar o seu negócio na internet, vai descobrir quais os passos necessários para colocar a sua loja virtual com WordPress no ar.

1) Registro de domínio para e-commerce

Aqui, podemos pensar em dois cenários. Se você já possui um site institucional e vai dar o próximo passo criando uma loja virtual, pode simplesmente apostar na criação de um subdiretório, que é uma nova pasta dentro dos arquivos do seu site. Esse é o caso de e-commerces que possuem a URL www.ecommerce.com.br/loja.

A vantagem dessa estratégia é fortalecer o ranqueamento do domínio nos motores de busca ao unir os pesos das autoridades do site institucional com a loja.

Mas, se você está estreando sua presença online através do seu e-commerce, vai precisar registrar um domínio, que é o endereço da sua loja na internet. O mais importante é que ele seja simples e faça referência direta ao seu negócio ou produto.

2) Hospedagem para WordPress

Depois de obter um domínio, é a hora de pensar na hospedagem, o espaço onde ficam armazenados todos os arquivos que compõem um site para deixá-lo acessível na internet. Na hora de criar o e-commerce no WordPress, a dica é escolher uma hospedagem otimizada para sites desta plataforma, pois a arquitetura deste servidor garante mais velocidade de carregamento para as páginas, maior segurança e desempenho acima da média. Além disso, ele conta com o WordPress pré-instalado, assim como templates e plugins para loja virtual.

Caso você obtenha uma hospedagem tradicional, não tem problema. A diferença é que vai precisar primeiro instalar o WordPress e, em seguida, escolher um plugin e tema para e-commerce no WordPress.

3) WooCommerce no WordPress

Apesar de ser uma plataforma bastante funcional e que atende diversas necessidades, o WordPress demanda a instalação de plugins, espécie de extensão que agrega funcionalidades de vários tipos à plataforma, para entregar o bom desempenho que o tornou tão popular. Neste caso, para criar uma loja virtual no WordPress você precisará de um plugin específico para este fim.

O WooCommerce é talvez o mais popular dos plugins para loja virtual no WordPress. É uma solução gratuita e que possibilita personalização para e-commerces de pequeno a grande porte.

Exatamente por isso, é indicado tanto para lojistas que precisam de uma solução simples e pronta, quanto para desenvolvedores que necessitam desenvolver projetos mais complexos para clientes maiores. Dentre suas principais facilidades, estão opções abrangentes de integração com meios de pagamento e frete, e integração com ferramentas como o Google Analytics, MailChimp e Facebook. Para saber mais sobre ele, acesse o site do WooCommerce.

Temas WordPress para WooCommerce

Como vimos acima, para criar uma loja virtual utilizando o plugin do WooComerce você vai precisar escolher um tema que será personalizado com as informações da sua loja. A vantagem é que existem temas pagos e gratuitos. Ou seja, você pode continuar criando seu e-commerce investindo muito pouco. Para te ajudar, trago alguns exemplos:

1) Storefront

O Storefront é o tema oficial do WooCommerce. Gratuito, ele é totalmente compatível e integrado à plataforma, além de responsivo e otimizado para SEO. Até hoje, foram feitos mais de 3 milhões de downloads do programa, o que o torna muito popular entre os usuários do WordPress. Ele oferece também temas pagos que são criados a partir do tema principal, os “child themes”. Além disso, você pode personalizar ainda mais o tema através de extensões gratuitas e pagas.

2) Shopera

O Shopera também é um tema gratuito e compatível com o WooCommerce. Altamente customizável, ele se adapta perfeitamente a dispositivos móveis. Como diferencial, ele traz a funcionalidade “retina ready” que exibe mais pixels por polegada quadrada, contribuindo com a nitidez das imagens dos produtos — questão importante para uma loja virtual. Através de funções avançadas disponíveis no painel, é possível alterar rapidamente o layout original dos temas.

3) Bazaar

O Bazaar é um tema pago com praticamente todas as funções que um e-commerce pode precisar. Compatível com o WooCommerce, ele oferece inúmeros elementos de loja, rastreamento de pedidos, lookbook, páginas de compra personalizáveis e outras dezenas de funcionalidades avançadas. Por suas características, é um tema muito proveitoso para lojas de confecções e varejo em geral.

Conclusão

Apesar das escolhas e instalações a serem feitas, criar uma loja virtual no WordPress pode ser mais descomplicado do que parece e o usuário pode usufruir de todas as vantagens da plataforma: interface simples, grande oferta de plugins, temas e outras ferramentas, evolução constante, criação de usuários com níveis e permissões diferentes, conteúdo amigável para SEO, entre outras. Vale a pena utilizar os recursos citados anteriormente para criar uma loja virtual personalizada e fazer sucesso em uma das plataformas mais utilizadas no mundo.

Leia também: Como divulgar seu e-commerce de maneira eficiente

Analista de Marketing na HostGator, um dos principais provedores de hospedagem de sites e outros serviços relacionados à presença online. Fundada em outubro de 2002 nos Estados Unidos, a empresa conta há dez anos com um escritório no Brasil e tem forte atuação em países como Brasil, Estados Unidos, México, Índia, China, Rússia, entre outros.


Todos os posts de Dayana Paro  

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *